Como nos sentimos em relação ao dinheiro?

A maioria das pessoas quer ter dinheiro por vários motivos: aquisição de bens, status, poder, entre outros. No entanto, que relação temos com o dinheiro? Como nos sentimos em relação a ele? Por mais que eu queira uma vida monetária abundante, nem sempre a minha relação com o dinheiro foi a melhor. Apesar de já ter feito algumas mudanças, sinto que ainda tenho muito para aprender em relação a esta energia que é o dinheiro.

Muitas vezes associamos ao dinheiro uma energia mais negativa. Por exemplo, é comum dizer que: “o dinheiro não nasce das árvores“, logo consideramo-lo difícil de obter; “o dinheiro é o mal do mundo, é a razão de todos os males“, pois achamos que é devido à ganância e ao poder que a sociedade está desequilibrada e o dinheiro prevalece mais nas mãos de uns do que de outros; “o dinheiro não traz felicidade“; “o dinheiro não é tudo” …

Estas são só algumas frases, pois há imensas… imensas crenças. As crenças são opiniões formadas, são convicções. Todos as temos e elas por vezes são muito limitadoras. As crenças limitam-nos e impedem-nos de sermos bem sucedidos nas diversas áreas da nossa vida, bloqueando as nossas iniciativas para correr riscos na superação de resultados.

As crenças dão origem a hábitos e quando nos apercebemos é difícil libertarmo-nos deles. Para mudar as crenças devemos tomar consciência de quais são e o impacto que elas têm na nossa vida.

Voltando ao dinheiro… tenho algumas crenças enraizadas em relação a ele. O dinheiro serve para fazermos trocas, mas quando compramos alguma coisa e o gastamos fica aquela sensação de escassez. Estas crenças foram construídas desde que éramos pequenos e tem a ver com a maneira como fomos educados em relação ao dinheiro. Outras vezes tem a ver com o merecimento. Achamos que nunca vamos ser financeiramente abundantes, porque a nossa Mente fica perdida à procura do como e do quando vamos ser abundantes.

O que ficar retido na nossa Mente, com energia e concentração, tenderá a ser criado na nossa realidade. Nós vamos atraí-lo, chama-se a lei da atração. Se eu tiver, constantemente, pensamentos de escassez é exatamente isso que vou atrair para a minha vida. Mas eu quero ser abundante!! Pois é, no entanto os medos estão sempre a vir à cabeça, o como, o porquê e o quando também. As coisas demoram a acontecer porque estou sempre a mudar de pensamento!

A nossa indecisão torna praticamente impossível atrairmos aquilo que desejamos. Não admira que acabemos por ficar com a sensação de que não conseguimos o que queremos. O medo sobrepõe-se ao amor e dificilmente sentimos o dinheiro como uma energia de amor.

Por mais que eu saiba que tenho dinheiro para ter aquilo que preciso e que o dinheiro não me está a faltar, acabo sempre por manter aquele medo de não o ter.

A forma de superar esta situação é ir mudando os padrões de pensamento, mudando as crenças e os pensamentos sobre esta energia tão maravilhosa que é a do dinheiro. Afinal queremos atraímos a escassez ou a abundância?

4 thoughts on “Como nos sentimos em relação ao dinheiro?

Add yours

  1. A relação do ser humano com o dinheiro é realmente muito complexa, é uma relação de amor e ódio, de necessidade. Acho que devemos cuidar para não nos tornamos completamente viciados nele, devemos ter consciência da sua necessidade, mas jamais vivermos para tê-lo.

    Liked by 1 person

    1. Podemos ser abundantes e prósperos sem ser gananciosos. Só temos de perceber quais as situações que nos fazem felizes. Tudo na vida é impermanente, se tivermos uma boa relação com o dinheiro vivemos de bem com o que temos, pois aquilo que temos é o que precisamos na altura. No entanto, concordo com a Cássia quando diz que a relação do ser humano com o dinheiro é complexa. A teoria é muito simples, mas colocar na prática nem sempre. Abraço e obrigada 🙂

      Gostar

  2. I apologize for writing in English. I nderstand Portuguese but I dont write it. I agree with you. We need to be grateful about having money. It gives us the means to live. The more we feel ok with it, the more we will attract abundance. 🙂 love your article and your beautiful language! 🙂

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: