Montanha russa

Depois do castelo do silêncio onde aprendi mais sobre mim, onde ouvi o meu verdadeiro Eu, vem a montanha russa. Já andaram? Eu não! Mas a vida às vezes parece uma, principalmente quando muitas coisas acontecem ao mesmo tempo. Hoje ainda estava a dormir quando os telefonemas começaram a surgir. O dia começou atarefado e trouxe-me uma energia diferente do dia de ontem. Se é para andar de montanha russa, vamos lá!

Parece que amanhã se dá um eclipse lunar muito importante, para além de ser o primeiro do ano, traz muita imprevisibilidade. Parece que esta energia nos pode trazer muitas transformações, ajudar a ultrapassar situações do passado que ainda nos perseguem, despegar de velhos hábitos e iniciar um novo ciclo. Esta energia já se sente…

Parece que vamos andar mesmo de montanha russa! Se há dias em que não acontece nada, há outros em que acontece tudo. Hoje foi um dia importante para mim. Entre telefonemas, emails e assinaturas aprendi que quando uma “porta” se abre é para entrar. Com isto quero dizer que quando uma situação aparece em vez de a ignorar, posso aceitá-la, fazer algo e deixar fluir sem pensar muito nas consequências.

Também percebi que muitas “portas” estavam abertas à espera que eu fizesse alguma coisa. Deste emails que mandei e obtive logo resposta, a telefonemas que precisei de fazer para dizer o que me ia na alma, a assuntos pendentes que se começam a desenrolar. Sabemos que estamos a fazer a coisa certa quando nos sentimos tranquilos em relação a ela.

Neste últimos dias percebi como nem sempre podemos fazer tudo sozinhos e que há momentos que é importante pedir ajuda e deixar o orgulho lá bem para trás das costas. Percebi como todas as pessoas têm valor e como sou grata pelas situações que me têm acontecido pois fazem de mim uma mulher mais forte, mais capaz e mais desenrascada.

O dragão do medo e da dúvida cospe fogo muitas vezes e só nos deixamos queimar se alimentarmos a ideia de que o medo e a dúvida existem mesmo. Nós tornamos o medo e a dúvida reais ao acreditar neles. Mas se os encararmos há uma possibilidade de os destruir, mas se não os encararmos eles certamente nos destruirão.

As decisões são simples de tomar quando não há alternativa. Aos olhos dos outros podem parecer um disparate, mas aos olhos de quem sabe, aquela só pode ser a decisão certa, então para quê fugir. Enfrentar este dragão do medo e da dúvida vai-me capacitar com vontade e ousadia. Novas ferramentas para viver mais feliz.

Os dragões não desaparecem de vez na nossa vida, quando são vencidos vão deixando pequenas semente de dúvida para pôr em causa as nossas decisões. A escolha do que faço a seguir é minha, ou as alimento ou as ignoro.

2 thoughts on “Montanha russa

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: