Tu confias?

Confiança é uma palavra à qual se atribui muita importância. Tu confias? À partida quando te fazem esta pergunta pensas nos outros. Mas, e tu, confias em ti? Há pessoas em quem confias e outras em que nem pensar. Quando alguma situação nos causa algum tipo de insegurança perde-se facilmente a confiança. Ainda mais complexa é a confiança em ti próprio. Às vezes não avanças com medo de não seres capaz. Muitas vezes não segues o teu sonho por falta de confiança.

Quando alguma pessoa tem um comportamento que te causa algum tipo de fricção, por exemplo, medo, medo, medo… insegurança, ciúme, inveja… colocas a confiança em causa. Então se perdes a confiança em alguém… é difícil de recuperar. A confiança conquista-se, confia que tudo serve para aprenderes algo que não estás a querer ver.

Quando confias em ti e dás o passo no escuro, muitas vezes a vida devolve-te surpresas fantásticas. No entanto durante o caminho o coração palpita, a ansiedade domina e parece que vais explodir. E esta sensação mantem-se até que largas tudo e percebes que não controlas nada. Recusas-te a andar para trás e para seguir em frente deixas-te ir. Quando o teu coração sabe que é o caminho certo, as coisas acabam por correr bem.

Se a confiança fosse uma personagem devia andar sempre stressada, ou era dada a alguém ou era retirada, duvido que tivesse um lar para a vida, suspeito que andaria sempre em lares de acolhimento!

E quando temos de confiar na vida? Nas coisas que podem acontecer ou não? Quando temos de confiar em nós e na nossa intuição?

Por vezes tens de confiar no nada, pois na prática não há nada que te diga se certa situação vai correr bem ou não. É aí que aparece a fé, outra coisa não palpável. A confiança que a vida vai-te dar exatamente aquilo que estás a precisar conquista-se e aprende-se. Para além disso, tem de se ter um bom relacionamento com a tal fé!

O mundo por vezes parece virado do avesso, acontecem coisas sem nexo, as pessoas surpreendem-te e perdes aquilo a que chamavas orientação. E tu precisas de confiar que as coisas vão correr bem. A confiança em ti aprende-se, a confiança que a vida está a colocar-te no sítio certo aprende-se. Como? Com a experiência. Enquanto não confiares que o que te acontece é o melhor para ti, o tapete vai-te ser sempre puxado debaixo dos pés.

A confiança também é prima do merecimento, mas desse falaremos mais tarde.

Confia na tua missão de vida, confia nos teus sonhos, larga as desculpas e aceita ser feliz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: